Resenha: A mulher Perfeita é uma vaca

Hey dears!!!


Duas resenhas de livros em tão pouco tempo, vão até achar que o blog mudou de foco. Devido alguns problemas, o blog precisou dar uma parada, mas podem deixar que já estamos normalizando a programação...rs




Título: A Mulher Perfeita é Uma Vaca - Guia de Sobrevivência para mulheres normais.
Ano: 2015
Autor: Anne-Sophie Girard e Marie-Aldine Girard
Editora: Intrínseca









Dessa vez quis fazer diferente e não colocar a descrição que encontramos em livrarias virtuais. Colocarei apenas a minha visão sobre o livro.

A Mulher Perfeita é Uma Vaca foi criado para irmãs gêmeas francesas Anne-Sophie e Marie-Aldine e ele tem como principal ponto mostrar que esse papo de mulher perfeita é uma ilusão criada por nós mesmas. De forma bem humorada, as irmãs mostram que aquela mulher que não possui celulite, sabe cozinhar muito bem, mantém a casa arrumada, está sempre impecável, trabalha, não fala palavrão, etc, etc... não existe e se existisse seria bem mala.

Eu achei alguns termos usados no livro bem pesados, mas como o mesmo foi traduzido, não sei se a versão francesa conta com termos um tanto quanto baixos como a versão em português. Outra coisa que vi na versão em português do Brasil é que algumas vezes foram usadas referencias brasileiras, como lugares e termos. Isso pode ser um ponto positivo ou negativo, foram mudados termos usados pelas autoras originais, mas em compensação fica mais fácil para adaptarmos ao nosso dia a dia. Vai de cada um avaliar. Eu preferiria que tivessem mantidos os termos originais.

Voltando a falar sobre o conteúdo do livro. Ele foi criado para nós, mulheres normais que temos celulite, falamos alto muitas vezes, nem sempre temos tempo de deixar a casa impecável, que somos sim imperfeitas. Não há mal nenhum em não ser perfeita, é divertido até.

Ele fala sobre pileques, relacionamentos, aqueles quilos extras nos quais gastamos tanta energia e no final nunca estamos felizes.

Em cada início de capítulo encontramos regrinhas de como ser "perfeitas", que durante o capítulo vão fazer todo sentido.

Pode ser visto como um livro de auto ajuda? Olha acho que até pode, mas não daqueles chatos que ninguém aguenta. É engraçado, leve e bem fácil de ler. E tem bastante besteirol viu meninas?

Como o título mesmo diz, é um guia para mulheres imperfeitas - todas nós (menos a Scarlett Johansson).


Brincadeiras a parte, é um livro para quem não liga muito para vocabulário. Se gosta de uma escrita mais trabalhada, não é seu tipo de livro, mas se quiser se divertir, corra para ler. 
Ele custa R$10,80 na Saraiva e dá para ler em um dia!

Depois passem aqui para contar!



3 comentários:

  1. Gente, que baratinho, parece ser muito legal!
    Gosto MUITO de livros que fogem do padrão literário, tipo "a menininha se apaixona e se rende pelo bonitão", mesmo que não seja romance hahahaah adoro me surpreender!

    Beijão,
    www.tammycezaretti.com

    ResponderExcluir
  2. Esse foge beeeeem disso mesmo...hahaha

    Beijoks

    ResponderExcluir
  3. Muito legal a sua resenha, falou o que achou e sem revelar tudo que tem dentro do livro, tem umas resenhas que vou ler em outros blogs, que perco até a vontade de comprar o livro pq elas contam a historia toda já. Fiquei super curiosa para conhecer, eu vou procurar na livraria aqui da cidade! beijão linda!

    ResponderExcluir